quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Folhas soltas...

E de repente a palavra Cancro multiplica-se por dois...

E o medo multiplica-se por vinte...

Era bom fechar os olhos com força e só os abrir quando tudo estivesse bem...

Na impossiblidade de o fazer, mordemos os lábios e vivemos numa aparente normalidade...

3 comentários: